Bate papo com o criador do Leitor Cristão: Estevão Reis

leitor-cristao-site

Sou filho de pastor presbiteriano, mas aos 16 anos tive uma crise de identidade que me fez sair da igreja. Aos 21, já morando em São Paulo e fazendo faculdade no Mackenzie, conheci um grupo estudantil cristão e percebi que estava vivendo uma vida sem sentido. Tive então minha primeira experiência real com o Espírito Santo e depois daquele dia a minha vida foi transformada. Decidi então criar um site onde eu pudesse resenhar e indicar livros que eu gostasse e atingisse mais pessoas.

 1) Quem é você? Quantos anos tem? O que faz?

Meu nome é Estêvão Reis, tenho 23 anos. Sou formado em Publicidade e Marketing pelo Mackenzie em São Paulo e atualmente trabalho na Editora Mundo Cristão.

2) Como foi sua experiência de conversão? O que mudou desde então?
Sou filho de pastor presbiteriano, mas aos 16 anos tive uma crise de identidade que me fez sair da igreja. Foram 7 anos "vivendo no mundo" e experimentando todos os prazeres que ele proporciona. Aos 21, já morando em São Paulo e fazendo faculdade no Mackenzie, conheci um grupo estudantil cristão e percebi que estava vivendo uma vida sem sentido. Tive então minha primeira experiência real com o Espírito Santo e depois daquele dia a minha vida foi transformada. Minha maneira de pensar mudou, as minhas prioridades, amizades, lugares que frequento etc.

3) Você sempre gostou de ler? Como e quando surgiu o sonho do Leitor Cristão? Quem são as pessoas por trás disso tudo?
Curiosamente, não. Eu sempre fui um adolescente rebelde e não gostava de ler aqueles livros que as escolas nos obrigam. Fui criado em Minas Gerais, mas aos 18 anos vim para São Paulo para fazer faculdade. Nessa época eu não tinha parentes, amigos ou nenhum conhecido em SP e precisei encontrar algo pra suprir a solidão que eu sentia na época. Fui então comprando alguns livros e a experiência foi tão libertadora para mim que aquilo se tornou um hábito. Nesses cinco anos não consigo lembrar de um dia em que eu não tenha lido pelo menos uma página.

Na igreja e em outros círculos de amizade as pessoas começaram a perceber que eu lia bastante, e o tempo todo me pediam sugestões de leitura e me perguntavam o que eu achava de determinado autor. E os debates começaram a surgir. Decidi então criar um site onde eu pudesse resenhar e indicar livros que eu gostasse e atingisse mais pessoas. O objetivo seria criar um local onde leitores pudessem interagir com outros leitores e conhecer novos livros que valessem a pena ler. O brasileiro em geral não lê, e infelizmente o cristão também não. Como não havia nenhum outro site que se propusesse estimular a leitura decidi desenvolver um. Isso foi em agosto de 2014. Naquela época eu trabalhava na Editora Abril e apresentei o projeto para alguns amigos mais próximos e todos eles acharam uma ótima ideia. O nome também foi sugestão deles! Hoje eu estou sozinho por trás do site (desenvolvimento, coleta de frases, criação das artes, publicação nas redes, resenhas...) mas talvez com o tempo eu tente formar uma equipe para me ajudar. Vamos ver quais são os planos de Deus para o Leitor Cristão.

4) Você vê uma necessidade de irmãos em Cristo se informarem mais através da leitura não apenas da Bíblia, mas também de títulos cristãos e seculares que tratem de matérias relevantes?
Sem dúvida alguma. Logo após a minha conversão eu tentava ler a Bíblia e não entendia nada. Foram os livros que me auxiliaram. É importante parar e ouvir o que outros líderes tem a dizer e aprender com as experiências deles. Livros perpetuam a informação, aumentam o nosso conhecimento, desenvolvem a nossa capacidade intelectual e de fala. E eu, infelizmente, vejo que os cristãos não gostam muito de ler. Sobre os livros seculares, eu acho super válido também. Costumo dizer que o leitor é cristão, mas o que ele lê não precisa ser. Existem resenhas no nosso site, por exemplo, de livros que não tem uma cosmovisão cristã, mas que possuem uma mensagem super positiva.

5) Qual o seu livro preferido? Por quê?
Nossa, que complicado! Vou falar três!
- Jesus é maior que a religião, de Jefferson Bethke. Esse livro é fruto de um vídeo que o Bethke publicou no Youtube há alguns anos atrás e é bem polêmico. Ele discute sobre a diferença entre o evangelho de Cristo e o peso da religião sobre a vida do convertido e como isso impacta a sociedade. É muito bom!
- A Bacia das Almas, de Paulo Brabo. O Paulo é brasileiro e traduz diversos livros que lemos por aí. Ele tem um site chamado Bacia das Almas e as postagens viraram esse livro onde ele discute sobre o papel do cristão, da igreja na sociedade e aborda alguns assuntos bem polêmicos. Há capítulos que te confrontam, outros que te acalmam, há textos de crônicas e outros de política. Foi, sem dúvida, uma das melhores experiências de leitura que eu tive.
- Longe da Árvore, de Andrew Solomon. Dos três esse é o único não-cristão. O Andrew entrevistou milhares de pais que possuem filhos com algum tipo de trauma (surdos, síndrome de down, frutos de estupro, gênios prodígios etc). São 10 categorias e ele mostra como foi o processo de criar esses filhos e quais desafios os pais encontraram. São 1050 páginas que valem a pena serem lidas!

6) Qual o seu versículo/ livro da Bíblia preferido? Por quê?
Novamente, muito difícil! Acredito que uns dos versículos que mais me inspire é João 21:25: "Jesus fez também muitas outras coisas. Se cada uma delas fosse escrita, penso que nem mesmo no mundo inteiro haveria espaço suficiente para os livros que seriam escritos". Temos a tendência de achar que a Bíblia limita a Deus, mas isso não é verdade. Jesus fez e continua fazendo muito mais do que foi escrito e é escrito sobre ele. Ele é eterno e suas obras também são.

7) Você já sentiu Deus ministrar ao seu coração através de um livro? Como foi essa experiência?
Praticamente todo livro que eu leio - cristão ou não - é instrumento de Deus para me ministrar. Existem livros que eu li em fases sombrias da minha caminhada com Cristo que conseguiram elevar a minha fé, outros foram livros que me capacitaram a internalizar o amor de Deus em meu coração.

8) Se você pudesse deixar uma mensagem para a juventude cristã, o que falaria?
Nunca perca a fome e a vontade de aprender. Em qualquer área de nossa vida a acomodação pode nos tornar pessoas sedentárias. E não há nada pior que uma vida espiritual sedentária. Saia da zona de conforto e procure um novo nível de intimidade com Deus. Mas já vou avisando: ler é um grande perigo! Um simples livro pode transformar uma mente, uma família, uma igreja e, por que não, uma sociedade! Vai fundo!
Acho que é isso.

Conheça mais sobre o Leitor Cristão em: www.leitorcristao.com
Visite também www.facebook.com.br/blogleitorcristao e www.instagram.com/leitorcristao

Caso queira contribuir com conteúdo para o Leitor Cristão, envie um e-mail para: Se algum
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (envio de resenhas) e O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (assuntos diversos).

Entrevista dirigida by Raquel Hellen

Inspiração

Romanos 1