Boa Consciência

graca

“O objetivo desta instrução é o amor que procede de um coração puro, de uma boa consciência e de uma fé sincera. ” I Timóteo 1:5
Do amor procede:
- Coração puro;
- Boa consciência;
- Fé sem fingimento.

“Dou graças a Cristo Jesus, nosso Senhor, que me deu forças e me considerou fiel, designando-me para o ministério, a mim que anteriormente fui blasfemo, perseguidor e insolente; mas alcancei misericórdia, porque o fiz por ignorância e na minha incredulidade;
Contudo, a graça de nosso Senhor transbordou sobre mim, juntamente com a fé e o amor que estão em Cristo Jesus.
Esta afirmação é fiel e digna de toda aceitação: Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o pior.
Mas, por isso mesmo alcancei misericórdia, para que em mim, o pior dos pecadores, Cristo Jesus demonstrasse toda a grandeza da sua paciência, usando-me como um exemplo para aqueles que nele haveriam de crer para a vida eterna.
Ao Rei eterno, ao Deus único, imortal e invisível, sejam honra e glória para todo o sempre. Amém.
Timóteo, meu filho, dou-lhe esta instrução, segundo as profecias já proferidas a seu respeito, para que, seguindo-as, você combata o bom combate, mantendo a fé e a boa consciência que alguns rejeitaram e, por isso, naufragaram na fé.”
I Timóteo 1:12-19
Se a raiz está saudável, o resto da planta será naturalmente saldável, mas se a raiz não está saldável outras partes são influenciadas.
O Estresse é uma raiz
O mundo tem descoberto que muitas doenças e enfermidades estão vinculadas à raiz chamada estresse.
Pesquisas cientificas tem vinculado o estresse excessivo a diversas condições: doenças cardiovasculares, hipertensão, níveis elevados de colesterol, derrames, erupção de pele, enxaqueca, impotência sexual, infertilidade.

O Medo é uma raiz mas profunda que o estresse
Descobriram que, em muitos casos, o estresse é precedido pelo medo. O medo pode se manifestar como ataques de pânico ou estado continuo de ansiedade, insônia prolongada.
A condenação é uma raiz mais profunda que o medo
• Como surgiu e como é:
Quando Adão comeu da árvore do conhecimento do bem o do mal, daquele dia em diante ele desenvolveu uma consciência.
Sua consciência é aquilo que está dentro de você e que conhece o bem e o mal.
"...aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado da má consciência e lavado o corpo com água pura." Hebreus 10.22
Pelo sague de Jesus nossos corações foram purificados da má consciência.
Uma má consciência é aquilo que perpetuamente é consciente do pecado e falha, e tipicamente espera punição.
É uma consciência que está sob condenação. A condenação nos rouba da intimide com Deus.
Muitos crentes tentam ser livres da culpa através dos seus esforços próprios ao invés da Cruz.
• O acusador dos irmãos
A condenação é a raiz mais profunda, pois o homem não pode superar através de esforços próprios.
A condenação exige uma paga por todos as suas falhas e pecados, mas sem Jesus não há pagamento.
Em hebreus o nome do diabo é há-satan , que literalmente significa “o acusador”. Ele é um promotor público da lei, especialista em condenar você, sempre apontando suas falhas e deficiências. A bíblia o chama de “o acusador dos irmãos”.
Quando você fizer algo certo, o acusador dirá “Não está bom o bastante”.
Em muitas ocasiões existem crentes debaixo de acusação e pensam que é Deus falando com eles, mas é o acusador dos irmãos.
Chegam a acreditar que é necessário sentir pensamentos negativos sobre si próprios por causa de todos os seus pecados.
• O papel do Espírito Santo
“Mas eu lhes afirmo que é para o bem de vocês que eu vou. Se eu não for, o Conselheiro não virá para vocês; mas se eu for, eu o enviarei.
Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.
Do pecado, porque os homens não crêem em mim;
da justiça, porque vou para o Pai, e vocês não me verão mais;
e do juízo, porque o príncipe deste mundo já está condenado.”
João 16:7-11
Convencer do pecado
Muitas pessoas leem esses versículos de forma errada, como se o Espírito Santo viesse convencer o mundo de seus pecados.
A quem se destina: incrédulos do mundo.
Mas a palavra pecado está no singular. Convencer de um único pecado, de não crerem em Jesus.
Jesus morreu pelo mundo inteiro, mas isso não quer dizer que todos são salvos. Cada pessoa deve receber Jesus como seu salvador.
O Espírito Santo está presente para convencer de um único pecado: o de não crerem;
Convencer da Justiça
A quem se destina: aos crentes (vocês não me verão).
O Espírito Santo vem para convencer o crente da Justiça, mas que justiça?
O principal termo da nova aliança: Que Deus será misericordioso para com suas injustiças, e de seus pecados e iniquidades Ele não se lembrará mais.
Ele veio para nos convencer dessa justiça eterna, dessa graça de Deus.
“O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração, e o homem mau tira coisas más do mal que está em seu coração, porque a sua boca fala do que está cheio o coração". Lucas 6:45
Em outras palavras sua vida é um reflexo do que tem sido no oculto e carregado em seu coração.
Essa justiça transforma a nossa má consciência em uma boa consciência;
Ele limpa nossa consciência.
Ele te convence que você é justificado por Jesus.
Ele sofreu no seu lugar, por isso você pode ser livre.
O Pai pode te libertar de toda mentira, culpa e condenação usadas pelo acusador dos irmãos para bombardeá-lo.
Somos justos independente de nossas obras.
Convencerá do Juízo
Quem: o príncipe do mundo, que é o diabo.
As coisas destrutivas que vimos no mundo são obra dele.
O tempo de acusação e do reinado dele estão contados e se esgotando.
O Espírito Santo é chamado de consolador.
Um exemplo na palavra - A mulher samaritana
João 4:1-30
Essa mulher era samaritana e não conversava com os Judeus e ela se via como indigna pelo horário que foi buscar agua 12h, Ela não queria se encontrar com ninguém.
Já teve 5 maridos e o que com ela estava no momento não era seu marido. Ela devia ser uma mulher falada e ela se via com uma má consciência, não se sentia digna.
Depois de um encontro com Jesus, e de se sentir tão amada. Pois Jesus conversou com ela mesmo sabendo de tudo que ela fazia. Jesus não foi repelido pelo seu pecado, mas demonstrou graça e amor por essa mulher, a ponto de Jesus ter se humilhado e colocado em uma posição de ter que pedir agua para ela.
Mas após esse encontro a consciência dessa mulher foi transformada a ponto de Ela se voltar para cidade e proclamar o que Jesus fez por ela.
Ela foi constrangida pelo amor de Deus de tal forma que sua consciência foi restaurada.
Fechamento
Jesus é a graça de Deus e ele quer ter um encontro com você hoje.

Pregação by Eduardo Ferreira

Inspiração

Romanos 1